domingo, 27 de novembro de 2011

Sangue

E se eu começar a me cortar,
e junto com o meu sangue vazar,
toda essa dor que tenho por dentro?

sábado, 26 de novembro de 2011

Maria - Wilson Sideral


Tão longe, longe, longe, longe, agora sinto
Saudade de nós dois
De um tempo quando estávamos tão perto
E tão certos do que iríamos fazer
Um beijo longo, longo, longo, agora lembro
Raros momentos de prazer
Que eu gravo agora nessa fita demo-tape
Que é pra ninguém esquecer
A vontade de falar tudo isso pra você
Já virou mais uma página
Palavras são como os boêmios
Gostam de sair à noite
Maria, eu ainda te amaria
Maria, pra você eu voaria
Do tempo todo, tempo que nós dois passamos
Sem nunca mais nos ver
E do tanto quanto, tanto quanto nos amamos
Sem saber que era tanto, tanto, tanto...
A vontade de falar tudo isso pra você
Já virou mais uma página
Palavras são como os boêmios
Gostam de sair à noite
Maria, eu ainda te amaria
Maria, pra você eu voaria [2x]
A vontade de falar tudo isso pra você
Já virou mais uma página
Palavras são como os boêmios
Gostam de sair à noite
Maria, eu ainda te amaria
Maria, pra você eu voaria, eu voaria sim, é!
Maria, eu ainda te amaria
Maria, pra você eu voaria, eu voaria sim, Maria...

Dói e ponto

Dói quando se luta e se ama de corpo inteiro e não se alcança. Só isso já dõi.
Mas dói muito mais ver alguém que não tem metade do amor que você tem, metade do esforço que você teve estar no exato lugar que você tanto sonhou.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Amigos

Amigos , amigos.
Quem tem amigos nessa vida tem tudo.
Pois é, eu não tenho nada.

domingo, 20 de novembro de 2011

I wish


quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Como estou

Não ouse sequer perguntar como estou. Eu desmoronaria. Eu morreria por dentro. Não seguraria o choro por sequer um minuto. E estou falando sério. Talvez o motivo de sentir tanta sede é porque tenho perdido muito água de tanto chorar.
É, eu não to nada bem.

Morri

Morri por dentro
Morri minhas vontades
Morri minha saudades
Morri meus desejos
Morri minhas amizades
Morri meus amores
Morri o que existia
E o que não existia
Eu morri, por dentro e por fora, eu morri.

domingo, 13 de novembro de 2011

Tic tac

Eu ouço um tic-tac constante, ultimamente ele tem soado mais rápido, parece querer me avisar algo.
Tic-tac, tic-tac. Ta na hora do fim.
Ta na hora do fim?
Fim.
Ponto.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Tem alguém aí fora?


“(…)Resumindo: estar sozinho é triste, enche o saco dos outros e deve fazer mal para a saúde.


— Tati Bernard