quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Sei não

Não sei bem o que fazer, já que me sinto assim tão mal querida.
Talvez fosse bem mais simples eu só ficar aqui, quietinha assim.
Talvez eu só queira chamar atenção, na verdade sempre quis.
Eu sei, eu me conheço.
As vezes recebo, noutras não.
E nunca encontrei remédio pra tanta solidão.
Quando me sinto assim sozinha, penso em você.
Que sempre mostrou me querer.
E depois penso em mim, que nunca a você quis.
Queria mudar o sentimento pra então assim tentar ser feliz por dentro.
Queria só me perder no seu olhar e nunca, nunca mais voltar.
Quem sabe assim seja mais fácil?
Mas eu sei que nunca é.

Um comentário:

Claudio disse...

a facilidade existe... mas a dificudade é a melhor das coisas inventadas =D