quarta-feira, 19 de novembro de 2008

O tempo

Céus! Há algo na vida que realmente é curioso. Hoje, enquanto fazia meu almoço comecei a pensar em algumas coisas, o tempo. Eu vivo contando quanto tempo tenho que me distrair até tal compromisso, o tempo que tenho para fazer tal tarefa, o tempo que tem desde que faço tal atividade, o tempo desde que não converso com uma certa pessoa, o tempo desde que algum relacionamento terminou ou começou. Eu vivo contando, às vezes até sem querer.

E, como sempre, comecei a imaginar coisas do futuro, como faço direto, e fiquei me perguntando.

Como vai ser daqui 20 anos?
Hoje tenho 13, daqui a 20 terei 32.
Será que terei conseguido passar numa federal e ido morar no Rio de Janeiro, como planejo?
Será que terei conseguido ser bem sucedida, como meus pais querem?
Será que daqui a 20 anos estarei casada, trabalhando?
Será que terei filhos?
Será que ainda esbarrarei com minhas atuais amigas por aí?
Será que ainda amarei quem hoje tanto amo?
Será que ainda terei essa enorme compulsão por escrever e ler?
Será que ainda terei esse blog?
Será que escreverei em outro?
Será que terei enfim conseguido o amor de alguém, como quero?
Será que as promessas feitas por mim e pelos meus amigos, que tanto amo, serão mantidas?
Será que ainda me lembrarei delas?
Será que ainda estarei viva pra tudo isso?
Será que até lá eu ainda consigo deixar a vontade de me matar quieta, dentro de mim?


O que 20 anos nos reservam?
Nunca pensei tão longe, só o dia de amanhã já me assusta.
O que o amanhã nos reserva?

O que fomos não será
Definido por palavras fáceis
Que alguém dirá
Não estará nos calendários, dicionários
Nem nas buscas do google

Fomos - Jay Vaquer


Um comentário:

Nyuu_Chan disse...

Sabe eu também pensava essas coisas '-' qdo tinha a tua idade xD
E Bem, eu tenho 24 anos agora. E às vezes ainda penso nas mesmas coisas... Mas é assim, quem dera pudéssemos viver ser ter o "relógio" ou até mesmo o "tempo" pra nós lembrar que envelhecemos ou para qualquer determinada coisa/compromisso.
Só acho que...Deveríamos viver cada dia como se fossem únicos. Aproveitar o máximo de tudo. Sem fraquejar ou ficar se lamentando pelas dores que o destino nos trás em cada uma das suas peças! ^^'
Mas força viu. Siga tua vida sem pensar demais nessas coisas. Porque, de fato, pensar demais às vezes enlouquece nossa mente.

Beijos ;*