domingo, 15 de fevereiro de 2009

Não dá

Não dá

As palavras não tão saindo mais

Horas e horas encarando o papel e a caneta

E nada sai.

Eu sei que não vai sair

Sinto isso

Não há poesia sem sentimento

Sem você não há poesia.

E eu sinto sua falta

Penso em você o tempo todo

Já to cansada de disfarçar

Mas é que na verdade te amo.

Eu quero, realmente

Mas não sei o que posso fazer

Além do que já fiz

Além do que já fizeram.

Vou esperar um pouco

Ver o que vai dar

As fases têm que passar

O bolo tem que ficar pronto.

Mas não se esqueça:

Sinto sua falta.


O blog está mortinho mortinho coitado. :/ Abandonado pelos leitores e um pouco largado pela escritora. Não sei o que faço, falta algo.

5 comentários:

.moony. disse...

o.O
não desista de escrever :)
bju
teh +
o/*

Livre Pub disse...

não desista de escrever [2]

' Rôh disse...

Me fez lembrar uma poesia de uma amiga que começa assim:
"Hoje nãi haverá poesia
As misas desfaleceram, o amor faleceu..."

Bom, desejo que a inspiração volte a NÓS.

Xêru, tenho umas coisinhas p falar com a sinhora, ateé o msn. XD

Xêru. xD

Anônimo disse...

volta.

Laryssa disse...

Talvez falte motivação, felicidade, desejo de compartilhar de algo.

Não deixe que a solidão tire de vc a felicidade. Nada de bom provém de um coração amargurado, seco de esperança.

^^ Bulma te ama