quarta-feira, 29 de julho de 2009

Representa minha fraqueza

Representa minha fraqueza

Essa mania, quase vício, de pensar em você

O fato de que não consigo mais pensar em mim mesma

O roubo da minha fortaleza


E por essas e outras

Estou confusa e conflita

Devo parar de amar-te?

E se sim, de que maneira fazer?


Parar de amar não é como desligar uma tomada

Parar de pensar é impossível

E se tento me desligar

Você acaba me encontrando, em algum lugar


Na minha estante, na minha roupa

Na minha memória, nas minhas músicas

Tudo me lembra você

E eu não aprendi a te esquecer


Pra que vou fingir interesse em outra coisa

Se o que quero de verdade é você

Porque as pessoas dizem que odeiam tanto

Quando, na verdade, tanto amam


Amam escondidas, entram em conflito

Amam aflitas, ansiosas e inquietas

Amam com medo, do que pode ocorrer

Mas nunca deixam de amar


A gente não aprende mesmo

Mesmo depois de todos os tombos

Ninguém desiste de amar

Algumas só não tem coragem de falar

Um comentário:

Dark Life disse...

se coragem lhe falta, busque nas estrelas, quanto mais próxima voce se sente delas, mas coragem poderia ter

sinta o brilho que elas te dao
sinta o sentimento que elas escondem
sinta o sabor da vida que elas transmitem

sinta o calor de um verdadeiro amor

com isso voce pode fazer de tudo na vida... apenas sinta ... e seja voce mesma.


beijos te adoro mah