quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Loucura

Então é natal
E o que você fez?
O ano termina
e nasce outra vez

Retirado do Blog da Bulma.

O que eu fiz?

Eu não comemoro o natal, sinceramente. Não fui criada com costumes natalinos, nem nunca chorei por presentes, não que seja mimada nem nada do tipo, mas quando quero algo - que nunca é nada extravagante porque eu levo bastante consideração a meus pais, embora não goste muito deles, os respeito - peço aos meus pais, se não, peço para ajudarem-me a comprar ou algo do tipo.

Esse ano eu meio que me comovi com esses lances de ajudar, mas eu sou incapaz de fazer isso por hora. ~~'

E estou me sentindo péssima, só por causa de uma conversa boba com uma pessoa que nem sei mais o que ela significa pra mim, não suporto mais frieza das pessoas, sério. Sei lá, a meia hora enxugando lágrimas que não tem sentido algum, mas eu não sei ao certo se estou realmente triste, é como se... depois de uma noite de sono "a alegria vem pela manhã".

Estava conversando com um cara aqui e de repente aconselhei-lhe a procurar sua própria felicidade, não ficar dependente dos outros, mas aí ele disse uma coisa pra mim, que na verdade eu já sabia "Não se pode ser feliz sozinho".
Mas... se a gente depender dos outros caimos, mas se ficarmos sozinhos não alcançamos a felicidade, o que fazer? Quero pensar mais nisso depois.

Obrigada a Bulma e ao Axl, que tem me apoiado ultimamente.

Eu pensei que teria um natal legal, palpite errado.

Só queria ser amada.

Bem, vou-me indo passar o mesmo natal pelo 3º ano consecutivo, chorando num filme romântico assistido sozinha.

Só mais uma louca chorando querendo desabafar.

3 comentários:

.moony. disse...

é verdade, não se pode ser feliz sozinho... por mais que a gente queira que isso seja possível, não dá...
às vezes tudo conspira para que percebamos isso.
enfim, faz tempo que não passo aqui... virei mais!
teh +
o/*

Bulma disse...

Sabe, Marie, infelizmente somos incapazes de entender no tempo presente, as coisas que nos acontecem. Na maioria das vezes só somos capazes de compreender a nós mesmos e o que nos aconteceu muito tempo depois, quando amadurecemos ou mesmo quando deixamos nossas mágoas de lados e nos permitimos olhar um pouco melhor a nossa volta.

Tenho absoluta certeza de que alguém especial irá aparecer na sua vida, no momento certo. E para que você esteja pronta para reconhecer e viver isso com entrega total, vc precisa passar por todas essas situações, para aprender a valorizar.

^^ Coragem!

Bulma te ama =**

' Rôh disse...

Nem é condizente ao momento minha euforia mais lá vai: Adoreeei o novo lay. ficou perfa!!!!
Voltando...
Bixinha, tu sabe que eu fico aqui só torcendo por ti, né?! Claro que não somos felizes sozinhos, mas nem sempre essa busca pelo outro tem de ser no sentido de "amor de amantes", té pq vc já deve ter ouvido frases, tipo: "Essas coisas não se procuram,... Deve-se cuidar do jardim para que cheguem as borboletas..." Enfim. E no final de tudo, isso deve ter uma lógica muito doida e umas pontadas de verdade.
O Amor, aquele que habita teus pensamentos, desejos e devaneios vai acontecer. Não como resposta imediata de uma busca incessante, mas como resultado de uma construção, que vc vai optar na tua vida.
Pensa nessas opções que a vida nos proporciona! E opta por ficar bem, ta?!!! xD.


"A dor é inevitável, o sofrimento é opcional"