domingo, 19 de outubro de 2008

As estrelas


Em meu céu não há mais estrelas
Nem ontem, nem hoje e, provavelmente, nem amanhã
Você sabe o quanto gosto delas
Também sabe o quando me sinto mal sem elas.

Mas, na verdade, sei que elas estão lá
Só não as posso mais ver
Os postes, as luzes da rua
Me impedem de ver o espetáculo da natureza, o céu estrelado.

Por um momento, desejo que todas se apaguem
Desejo ficar na escuridão dos postes
Desejo olhar para o alto e flutuar
Flutuar na beleza das estrelas.

“Quem sou eu para colocar toda uma cidade em apagão?”,
Com tristeza no olhar penso
Como queria te ter ao meu lado
Você seria uma estrela para mim.

Com você, as estrelas seriam desnecessárias
Porque você brilha para mim, e você sabe disso.
Você sabe que sinto sua falta...
Assim como sinto das estrelas.


Só isso, não estou muito animada para nenhuma observação hoje.

Um comentário:

.moony. disse...

olá...
as estrelas são tão fascinantes... tb gosto muito delas. e gosto de ver como ainda há tanta gente q se expressa escrevendo. é tão bom ^^
obg pelo comment no status. toda ajuda é revitalizante ^^
as coisas estão melhores, e acredito q ainda melhorarão mais...
o tempo é o melhor remédio, não é o que dizem nossas avós?
confiarei nelas.
teh +
.moony.