segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Greve pela felicidade!

Pra quem tiver reparado (acho que todos né) temos um pequeno texto agora antes dos post, algo sobre Greve pela felicidade. Coloquei ontem, querendo escrever esse post mas acabei ficando sem tempo então estou explicando agora.
Parece estranho, não é? Normalmente fazemos greve por algo material, aumento de salário, criação ou até mesmo para exercer uma lei, algo mais voltado para material. Mas em que consistiria a falada Greve pela felicidade?!
Como já está escrito no pequeno texto acima, estamos (caso você queira participar na greve também) exigindo que caia fora os tantos momentos tristes que temos, tantas razões para sermos tristes. Não, não é uma greve para cobrar dos outros, ou melhor, não só cobrar dos outros, para cobrarmos de nós mesmos também.
SIM, de nós mesmos, porque muitas vezes estamos tristes por nossa culpa mesmo! Ligando de mais para críticas, procurando o impossível, procurando ser perfeita mesmo sabendo que desde o começo não conseguirá e só magoará. NÃO, não estou dizendo que não devemos procurar melhora e simplesmente nos aceitarmos como somos. Na verdade essa campanha visa juntar e equilibrar esses dois pontos.
Deixaremos de nós importar tanto por problemas sim, sem deixá-los de lado é claro! Devemos nos importar com nós mesmos sim, mas não devemos nos deixar abater por isso, e outra, importar com os outros será também fundamental nessa campanha.
Mas também sempre estaremos visando o crescimento, porque, cercado a um mundo cheio de informação como esse seria ignorância querermos permanecer os mesmos, não acham? Visaremos nossa própria melhoria, o egoísmo deixaremos de lado, a mentira juntamente, dentre tantos outros defeitos que temos. É claro, não mudaremos para algo que não queremos. Também não estamos tentando nos tornar perfeitos, só melhorar.
Fica tudo meio confuso no final, não é mesmo? É um sim, um não, um sim, um não. Mas é assim mesmo que a vida é, não acham?
E então, o que você acha? Quer se juntar à campanha? Mais reivindicações, mais quereres, podem ser criadas, adoraria isso até.
E então, quer se juntar a campanha? Amar mais e mais?
Sim, eu estou vivendo em uma utopia, mas estou feliz até por ela.


Você pratica o que você prega?

Um comentário:

Rodrigo Hyoukami disse...

Sim devemos melhorar...
Já quanto a protestar...
Bom não sei o que falar...
Em massa não da para dizer como ira acabar...
Mas o que custa tentar ?
Boa sorte com o que quer realizar...
Gosto do jeito que estas a caminhar...
Não va te desviar...

Fique bem.